A paciência da torcida vascaína já havia se esgotado há muito tempo. Agora foi a vez do técnico Dorival Júnior perder a sua com o meia Léo Lima. O jogador foi barrado pelo treinador para a importante partida de sábado contra a Ponte Preta, em São Januário. Dorival dará uma chance ao jovem Souza, de 20 anos, revelado nas divisões de base do clube.

O jogador comemorou a notícia com moderação e respeito ao companheiro. “Faz parte da vida de um jogador profissional ser titular ou reserva. Da mesma forma como eu estava no banco esse tempo todo”, disse o volante, que perdeu o segundo semestre do ano passado com uma fratura no tornozelo. “Depois de quase um ano sem jogar, estou de volta. Sabia que a hora ia chegar e espero aproveitar essa chance”.

Se a escalação de Souza está definida, Dorival tem de decidir se mantém a formação defensiva. O time não vence há oito jogos, mas a defesa tem se mostrado sólida. Vilson e Titi são os atuais titulares, mas Gian, que não perdeu quando atuou, está recuperado de lesão e tem condições de voltar à equipe.

O técnico cruzmaltino ainda aguarda uma posição final sobre o lateral-esquerdo Ramon, que sofreu uma contusão no ombro na partida contra o Bragantino. O jogador ainda sente um pouco de dor, mas deve estar apto a atuar.