O Santos terá nesta quarta-feira, contra o Atlético-PR, duas mudanças com relação ao time que perdeu do Fluminense no último domingo. O zagueiro Durval e o meia Paulo Henrique Ganso, suspensos, ficam de fora da partida na Arena da Baixada.

O técnico Dorival Júnior já confirmou a entrada de Bruno Aguiar na defesa, mas faz mistério quanto à vaga no meio-de-campo. “Tenho três nomes para a o lugar do Ganso, mas o substituto ainda não está definido. Ainda estou avaliando o que é melhor para a equipe neste momento”, disse.

Madson, Zé Eduardo surgem como principais candidatos a entrar na equipe. Marquinhos seria outro possível substituto de Ganso, mas está lesionado, assim como o lateral-esquerdo Léo.

O certo é que Dorival Júnior manterá o estilo ofensivo do Santos, apesar das duas derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro. “Se tivermos receio de jogar de forma ofensiva, voltaremos ao tradicional. Teremos jogos em que a defesa vai ser exigida, mas nosso ataque vai ser eficiente. Por isso, não vamos mudar nossa maneira de jogar por causa de dois jogos”, disse o treinador.

“Contra o Fluminense, nós criamos muitas oportunidades e é isso que importa mais. O Santos voltou a jogar um bom futebol e isso nos conforta. É claro que o resultado é o mais importante, mas continuo confiando no trabalho que fazemos e nos jogadores de nosso elenco. Por isso, não vamos mudar uma vírgula”, completou.

O Santos é o 12.º colocado do Nacional, com 12 pontos em nove jogos disputados. O líder é o Corinthians, com 21.