O técnico Dorival Júnior minimizou o empate sem gols do Santos com o XV de Piracicaba nesta sexta-feira à noite, em Piracicaba. Segundo ele, esse amistoso e o anterior, em que a equipe bateu a Ferroviária por 3 a 0, no último domingo, em Araraquara, serviram apenas para que os jogadores recuperem o ritmo de jogo para o retorno do Campeonato Brasileiro e as finais da Copa do Brasil.

“Para mim, o resultado destes amistosos não são o mais importante. O que importa é trabalhar para voltar a ter o mesmo padrão de jogo do primeiro semestre. Independentemente dos resultados futuros, sabemos que o Santos precisava desta parada das competições oficiais. Foram 15 dias de treinamentos muito fortes, que nos darão uma boa condição até o fim do ano”, disse Dorival, em entrevista à Rádio Tupi.

“Nos últimos dez jogos antes desta pausa nas competições (para a Copa do Mundo), nossa equipe alcançou bons resultados, mas se ressentia de sua melhor condição física devido à sequência de jogos. Por isso, aproveitamos a intertemporada para preparar o elenco para suportar a maratona de jogos até o final do ano”, completou o treinador.

O próximo compromisso do Santos será na próxima quarta-feira, contra o Palmeiras, no Pacaembu, no retorno do Brasileiro. A equipe disputará também as finais da Copa do Brasil nos dias 27 de julho e 4 de agosto, contra o Vitória.