Após entrar em campo como líder do Brasileirão, o Santos acabou amargando uma derrota por 1 a 0 para o lanterna América-MG, neste domingo, em Belo Horizonte, em um jogo no qual também teve o goleiro Vanderlei expulso aos 32 minutos do segundo tempo. No caso, o jogador levou o vermelho ao parar um ataque da equipe da casa colocando a mão na bola, fora da área.

Ao comentar o lance, o técnico Dorival Júnior questionou se não foram usados critérios diferentes neste lance e no que envolveu o goleiro Cássio em partida contra o Figueirense, também nesta edição da competição nacional, no Itaquerão, após o jogador do Corinthians cometer uma falta fora da área em uma chance de gol clara da equipe catarinense e receber apenas o cartão amarelo.

“Só fui perguntar qual (interpretação de) jogada está correta, aquela do Cássio na frente da área do Corinthians ou a do Vanderlei. Perguntei ao bandeira o que tinha acontecido e no primeiro momento ele disse que o Vanderlei botou a mão na bola, mas vamos ver isso (na imagem). Perguntei qual é a jogada correta porque tinham nos passado que a do Cássio foi correta. De repente são duas maneiras de interpretar”, afirmou o comandante, em entrevista coletiva, na qual depois completou com certa ironia: “Qual é a certa e verdadeira? Para não ficarmos desinformados. Ficamos perdidos com as mudanças de regras antes da competição”.

Depois que teve a expulsão de Vanderlei, o Santos ainda tomou o gol que definiu a partida aos 44 minutos do segundo tempo, mas Dorival minimizou o peso desta jogada concluída por Juninho para as redes.

“Quem mudou o panorama do jogo foi a expulsão, ela mudou completamente. A partir dali, o América-MG ganhou campo, tiveram duas oportunidades e em uma foram felizes. Nós tínhamos tido quatro oportunidades e não tivemos a felicidade que o América-MG teve”, comentou o treinador, que horas mais tarde viu o Santos terminar o domingo na terceira posição do Brasileirão, sendo que nesta segunda-feira ainda corre o risco de ser ultrapassado por Corinthians e Atlético-MG nesta segunda-feira.