Dois jogos abrem hoje a terceira rodada do Campeonato Paranaense. A bola começa a rolar às 16h, no Estádio João Cavalcante de Menezes, onde o Engenheiro Beltrão recebe o Londrina.

Os donos da casa, que conquistaram apenas um ponto até agora, estão revoltados com as arbitragens no empate com o Toledo e na derrota para o Nacional.

Em nota no site oficial do clube, a diretoria afirma que “só resta lamentar, afinal os árbitros ganharam um belo aumento, tiveram seus 2% da renda mantidos e só ficaram com a obrigação de apitar direito”.

Do lado do Tubarão, que venceu fora o Paranavaí e perdeu em casa para o Cianorte, a preocupação do técnico Mauro Madureira está no time. Borges, expulso contra o Leão do Vale, cumpre suspensão automática e será substituído por Clayton.

Silvinho, que saiu lesionado do confronto, é dúvida e será substituído por Diego Mineiro. Wesley é dúvida e pode ser substituído por Givanildo.

E Edimar, que se machucou sozinho, teve uma séria lesão no joelho, vai passar por cirurgia e está fora do Estadual. Hoje, Clayton deverá ser o líbero do Londrina.

Às 16h30, no Estádio Janguito Malucelli, o J. Malucelli enfrenta o Iguaçu. O Jotinha vem de dois bons resultados, a vitória sobre o Paraná e o empate com o Toledo no 14 de Dezembro.

Voltando a atuar em casa, o técnico Leandro Niehues (que, como de praxe, não divulga a escalação) conta com a fase positiva do lateral Saimon, dos meias Cícero e Daniel e do atacante Bruno Batata.

O Iguaçu ainda lamenta  a derrota para o Coritiba,  no último minuto – em uma partida dominada pelo time  de União da Vitória.

Para o jogo de hoje, o técnico Luciano Gusso ainda não poderá contar com o atacante Ruy Gomes, de 29 anos, apresentado na manhã de ontem (ele só ficará à disposição para a partida contra o Foz, na próxima rodada). A tendência é a repetição da formação que jogou bem contra o Coxa.