Depois de ter dado um show de pilotagem no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC) na etapa de abertura da Copa BR Petrobras Pick-up Racing – única categoria do mundo que utiliza o Gás Natural Veicular (GNV) como combustível – o piloto paranaense Emerson Duda voltou ontem à pista do AIC para testar alguns componentes da sua picape Ford Ranger. Os testes acontecem ainda nesta sexta-feira. “Vou andar dois dias numa pista que conheço bem. Vamos trabalhar forte no acerto da picape já pensando na segunda etapa”, comenta o piloto curitibano, que disputa no dia 1.º de junho, no Autódromo de Tarumã, na Região Metropolitana de Porto Alegre (RS), a segunda etapa do campeonato.

Segundo o atual vice-campeão da categoria, a finalidade desses dois dias de testes é aproveitar as informações que a equipe tem do autódromo e da corrida realizada no dia 27 de abril para testar um novo motor e também um novo conjunto de amortecedores e molas. “Vamos trabalhar em cima do novo motor para ver se ele condiz com nossas expectativas. Temos todas as referências da pista e com os testes a gente vai poder avaliar o novo motor”, comenta o piloto.

Duda, de 24 anos, que corre pela equipe paranaense Hobby Car, conta com um chefe de equipe, um técnico em motores, um cronometrista e mais quatro.