O sonho da dupla brasileira André Sá e Marcelo Melo conquistar um título de Grand Slam no torneio de Wimbledon acabou neste sábado (7), diante dos franceses Arnaud Clement e Michael Llodra. Curiosamente depois de superarem grandes especialistas na modalidade, os brasileiros perderam para uma dupla sem tanta tradição. O resultado foi de 7/6 (8/6), 6/3 e 6/3.

A derrota não apaga a boa campanha dos brasileiros, que entraram para a história do torneio ao vencerem o set decisivo mais longo de todos os tempos, com 28 a 26. Pelas semifinais, Sá e Melo dividem um prêmio de 57 mil libras (cerca de R$ 228 mil). Os dois devem aparecer entre os 50 primeiros do ranking da modalidade da ATP, e assim estão classificados para o próximo Grand Slam, o US Open, em agosto, em Nova York.

Venus Tetra

A poderosa Venus Williams conquistou o quarto título de Wimbledon, ao vencer, também neste sábado, a surpreendente francesa Marion Bartoli na final por 6/4 e 6/1. Esta decisão, curiosamente, teve jogadoras de ranking mais baixo dos últimos tempos. Venus, que já foi número 1, entrou no torneio como 31.ª da WTA, e Bartoli, como a 19.ª.

Venus fez um jogo agressivo e cresceu muito nas partidas finais do torneio. Teve um início difícil, quase dizendo adeus já na primeira rodada, quando quase perdeu para a russa Allá Kudryavtseva.

Federer x Nadal

Nas simples masculina, Roger Federer e Rafael Nadal marcaram para amanhã novo encontro em uma final de Grand Slam. Recentemente fizeram a decisão do Roland Garros, com vitória do espanhol. Desta vez, o favoritismo é do suíço que busca o quinto título consecutivo em Wimbledon, igualando a marca do sueco Bjorn Borg, que assistiu neste sábado das arquibancadas à vitória de Federer, nas semifinais, diante Richard Gasquet por 7/5, 6/3 e 6/4.

Rafael Nadal garantiu vaga na final em Londres beneficiado pela desistência de Novak Djokovic, por causa de lesão com placar de 3/6, 6/1 e 4/1 para o espanhol.