O lateral-direito Eder está liberado para fazer a sua estreia pelo Atlético-PR. Nesta terça-feira, o reforço vindo do Prudente teve o seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. No entanto, como não foi relacionado, ele ainda não deve ficar no banco de reservas na partida desta quarta, contra o Santos, na Arena da Baixada.

Por outro lado, um jogador que estava entre os relacionados ainda não poderá estrear. É o volante Olberdam, que não apareceu no BID. A expectativa do técnico Paulo César Carpegiani era de já poder utilizar o atleta contratado junto ao Marítimo, de Portugal.

Para o jogo, Carpegiani tem cinco desfalques. Além dos zagueiros Manoel, Eli Sabiá e Chico, todos suspensos, o lateral-esquerdo Márcio Azevedo segue lesionado e o atacante Maikon Leite não pode atuar por restrição contratual, já que está emprestado pelo Santos. Mesmo assim, o treinador quer a vitória em casa.

“Temos que jogar pensando na vitória. O Santos é uma equipe altamente técnica e que respeitamos, mas temos a obrigação de vencer”, afirmou o comandante atleticano, que não teme a pressão dos torcedores. “Quem faz a cabeça da torcida somos nós. Temos que apresentar um bom futebol, competitivo, que busque o gol e encante o torcedor.”

PUNIÇÃO – Também nesta terça, o Atlético anunciou que puniu Eli Sabiá por sua expulsão na derrota por 3 a 1 para o Vasco, sofrida no último sábado. Ele foi multado em uma quantia não divulgada por ser expulso ainda aos 36 minutos de jogo. Após cometer um pênalti e receber o amarelo, ele ganhou o vermelho ao reclamar de um lateral.