O catarinense Eduardo Fischer conquistou ontem sua terceira medalha de prata na terceira etapa da Copa do Mundo de Natação 2004-2005, em Daejon, Coréia do Sul. Fischer completou os 100m peito em 1m00s30, perdendo apenas para o coreano Seung Hun You, que fez 1m00s01. O pódio foi completado pelo alemão Andréas Losel, com 1m01s42.

Esta foi a décima medalha brasileira no circuito. Até o momento, o País alcançou uma medalha de ouro, quatro de prata e cinco de bronze. A Copa do Mundo de Natação só voltará a ser disputada em 2005, com a etapa de Estocolmo, nos dias 18 e 19 de janeiro. O Brasil competirá na Suécia com Henrique Barbosa e Rodrigo Castro, do Minas Tênis/MG; Thiago Pinto, da Unisanta/SP; e Guilherme Santos, do Grêmio Náutico União/RS. O técnico será Juan Toledo, do Minas Tênis. O circuito terminará com a etapa brasileira, em Belo Horizonte, de 18 a 20 de fevereiro.

Neste último dia de provas na Coréia, o Brasil foi à final em outras três provas. Nos 100m costas feminino, Fabíola Molina por muito pouco não subiu ao pódio, ao terminar em quarto lugar, com 1m01s63. O trio vencedor foi formado por Tyaliah Zimmer, da Austrália, com 59s07; Sophie Edington, da Austrália, com 59s60; e Carin Moller, da Suécia, com 1m01s46. Nos 50m costas masculino, Guilherme Guido ficou em 7.º lugar, com 25s37. O vencedor foi o japonês Kenta Yamanoi (24s49), seguido pelo coreano Min Sung (24s71) e pelo alemão Helg Meeuw (24s81). Guido ainda foi sexto colocado nos 200m costas, com 1m58s45, prova vencida por Evgeny Aleshin, da Rússia, com 1m53s75. A prata foi da Austrália, com Ethan Rolff, com 1m54s95, e o bronze, com o japonês, com 1m55s29.