A última rodada do Campeonato Brasileiro antes da parada para a Copa das Confederações marcará o reencontro do técnico do Bahia, Cristóvão Borges, com o primeiro time que ele dirigiu na curta carreira de treinador – o Vasco. Por coinciência, ele deixou o clube carioca em setembro passado, justamente após uma derrota para o Bahia por 4 a 0, em São Januário.

O jogo é neste sábado, às 18h30, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), e o treinador não esconde a ansiedade. “Estou alegre e motivado para o encontro”, afirmou. “É uma partida que me remete a momentos muito recentes da minha vida”.

Apesar de jogar no Rio de Janeiro, Cristóvão Borges quer manter a boa sequência do time baiano, que vem de duas vitórias, ambas por 2 a 1 – contra o Internacional, em Caxias do Sul (RS), e contra o Botafogo, em Aracaju (SE).

Com relação à equipe que venceu as duas partidas, apenas uma mudança. O atacante Potita entra no lugar do meia Marquinhos Gabriel, que sentiu dores na coxa direita na partida contra o Botafogo e foi vetado pelo departamento médico do clube.