Um encontro de velhos conhecidos marca o jogo entre Brasil e Itália, que estréiam na quarta e última fase da Copa do Mundo na madrugada de quarta (às 3h05, no horário de Brasília), em Nagoya no Japão. O técnico José Roberto Guimarães, por exemplo, comandou o Pesaro na última temporada do vôlei italiano. Da mesma forma, Fofão e Walewska foram comandadas por Massimo Barbolini, técnico da Itália, no Perugia, atual campeão nacional.

As brasileiras já sabem, aliás, com quem devem se preocupar: a oposto Taismary Agüero, cubana naturalizada italiana. O Brasil não tem bom retrospecto contra as italianas na temporada. Foram três jogos, todos no Grand Prix, com duas derrotas. A Itália, líder da Copa do Mundo, é uma das equipes invictas no Japão, ao lado dos Estados Unidos.

O Brasil, com apenas uma derrota – justamente para as americanas – está na terceira posição. Apenas os três primeiros classificados conquistam a vaga para os Jogos de Pequim, no ano que vem.