O Santa Cruz ainda não sabe o que é vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta sexta-feira, pela terceira rodada, o time pernambucano ficou no empate por 1 a 1 com o Paraná, no Estádio do Arruda, em Recife, debaixo de muita chuva, e segue sem comemorar vitória no retorno à segunda divisão nacional.

Os pernambucanos chegaram ao terceiro empate na Série B e estão no meio da tabela, em 12º lugar. O Paraná, por outro lado, chegou aos quatro pontos e se manteve na parte de cima da classificação, na quinta colocação.

Pressionado para conseguir a primeira vitória, o Santa Cruz foi para cima nos minutos iniciais e levou perigo com a velocidade de Renatinho e Flávio Caça-Rato. A primeira chance de perigo aconteceu em cabeçada de Léo Gamalho, que obrigou Marcos a fazer grande defesa.

O Paraná não ficou atrás e ameaçou o Tiago Cardoso. O goleiro precisou trabalhar em finalização perigosa de Kenno. Depois do susto, o Santa conseguiu abrir o placar. Aos 23 minutos, Renatinho roubou a bola no ataque e cruzou rasteiro para Luciano Sorriso desviar para o gol. A vantagem não durou muito, pois quatro minutos depois saiu o empate. Marcos Serrato fez jogada individual, com direito a bola no meio das pernas de zagueiro, e finalizou na saída do goleiro.

Com o resultado igual, a chuva passou a ser a protagonista. O forte temporal alagou o campo e dificultou a vida para os dois times. No segundo tempo, a partida não teve nenhuma emoção. O Santa Cruz tentou fazer pressão, mas não conseguiu criar por conta do gramado pesado e da forte marcação do adversário. As únicas chances de perigo foram em chutes de fora da área, que não assustaram o goleiro Marcos.

Os dois times voltam a campo apenas no próximo dia 10, um sábado. O Santa Cruz recebe o Luverdense, às 16h20, novamente no Estádio do Arruda, em Recife, enquanto o Paraná encara o Ceará, na Arena Castelão, em Fortaleza.

FICHA TÉCNICA

SANTA CRUZ 1 X 1 PARANÁ

SANTA CRUZ – Tiago Cardoso; Oziel (Nininho), Everton Sena, Renan Fonseca e Renatinho; Sandro Manoel, Memo, Luciano Sorriso (Adilson) e Carlos Alberto; Flávio Caça-Rato (Betinho) e Léo Gamalho. Técnico – Sérgio Guedes.

PARANÁ – Marcos; Carlinhos Miranda, André Vinícius, Anderson Rosa e Rodrigo Mann; Cambará, Edson Sitta (Rodrigo Celeste), Lúcio Flávio e Marcos Serrato (Carlinhos); Kenno (Gabriel Barcos) e Giancarlo. Técnico – Marquinhos Santos.

GOLS – Luciano Sorriso, aos 23, e Marcos Serrato, aos 27 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Wilton Pereira Sampaio (GO).

CARTÕES AMARELOS – Éverton Sena (Santa Cruz); Carlinhos Miranda e Edson Sitta (Paraná).

PÚBLICO – 8.029 pagantes.

RENDA – Não disponível.

LOCAL – Estádio do Arruda, em Recife (PE).