Depois de amargar mais uma derrota no comando do Fluminense, o técnico Abel Braga evitou apontar culpados pela virada sofrida diante do rival Botafogo, na noite de sábado, e prometeu reagir no Brasileirão.

“Não temos que ficar procurando desculpa. Conseguimos o primeiro gol, como pensado, mas sofremos o empate, menos de um minuto depois. Isso nos prejudicou”, lamentou o treinador, que acumula nove derrotas, seis vitórias e um empate à frente do clubes das Laranjeiras.

Ameaçado no cargo, Abel projeta repetir a incrível reação que o Fluminense protagonizou em 2009 – na ocasião, o time carioca evitou o iminente rebaixamento com uma sequência de vitórias no segundo turno. “O Campeonato Brasileiro permite recuperações históricas, como a do Fluminense, em 2009”, lembrou.

O primeiro desafio do Fluminense no segundo turno será o São Paulo, no Morumbi. “Antes de pensar nos 19 jogos, vou pensar no primeiro, que nos traz o São Paulo. Trabalharemos forte, nos treinos, para voltar a vencer”, prometeu Abel.