Está caindo por terra o objetivo do departamento de comunicação do Atlético de fazer do site oficial do clube um canal sério de informação para o torcedor rubro-negro. Depois de deixar disponível, até a semana passada, uma carta do ex-presidente do Furacão, Marcos Malucelli, criticando o atual, Mário Celso Petraglia, ontem foi a vez de o sítio permitir a publicacação de um desabafo no mínimo mal educado do irmão do presidente, José Aníbal Petraglia. No texto, ele criticava quem critica a administração de seu irmão e, valendo-se da valentia virtual, atacou a torcida a chamando pelo pejorativo apelido de “poodles”. “A impressão que dá é que ninguém sabe de como as coisas são no mundo, nas empresas… na vida. Vcs, alguns dos poodles…”, escreveu José Aníbal.

Não é a primeira vez que a torcida do Atlético é maltratada pela família Petraglia. Em 2008, Mário Celso Petraglia, que na época era o presidente do conselho deliberativo, em entrevista à Tribuna disse que os atleticanos eram uma falácia. De carona, o Coritiba fez até uma campanha publicitária ironizando a declaração. Além disso, mais recentemente, o filho de Petraglia – Mário Celso Keinert Petraglia -, foi denunciado de levar R$ 12 milhões pela venda de cadeiras para a Arena da Baixada, através da empresa na qual é sócio: a Kang Brasil Ltda.

No entanto, o desabafo de José Aníbal causou vários protestos dos torcedores na redes sociais. A pressão foi tanta que o departamento de comunicação retirou a postagem do ar, assim como já havia feito com a carta de Marcos Malucelli.