O Atlético Mineiro visita o Goiás neste domingo, às 16 horas, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 17.ª rodada, preocupado em se manter na liderança do Campeonato Brasileiro. O time alvinegro está na ponta da tabela de classificação com 35 pontos, dois a mais do que o Corinthians, o vice-líder, e enfrentará um adversário que luta para sair da zona de rebaixamento.

A principal novidade na equipe para esta partida é a ausência do centroavante argentino Lucas Pratto, que tem um edema na coxa direita. Em seu lugar, o técnico Levir Culpi confirmou a entrada de Guilherme. “Vai mudar um pouco o estilo do time jogar. O Pratto tem um bom tempo de bola, nas bolas cruzadas. O Guilherme finaliza de uma maneira técnica. Pratto utiliza mais o corpo do que o Guilherme”, comentou o treinador.

Guilherme também acredita que não sentirá dificuldades na função de principal referência do ataque. “Também posso fazer, diferente do Pratto e do que era o Jô, mas consigo fazer também e, sempre que possível, quando precisar, posso me adiantar um pouco. Seja no meio ou no ataque, a tendência é que a qualidade dos outros também se sobressaia porque não fico muito preso em uma ou outra situação, então, acho que pode ser bom para o Giovanni, o Thiago e os outros que vêm de trás”, destacou.

O atacante ainda guarda boas recordações de enfrentar o Goiás. No Brasileirão do ano passado, ele marcou dois gols na vitória por 3 a 2 sobre o Goiás, no Serra Dourada. “É sempre bom jogar lá, sempre grande jogo, jogo difícil, campo grande. Ano passado, me dei muito bem e espero, acima de tudo, vencer o jogo, conquistar os pontos e, se fizer gol, melhor ainda”, concluiu.

Além da mudança no ataque, Levir Culpi pode mudar a lateral esquerda, pois Douglas Santos sofreu uma entorse no tornozelo direito durante a semana e é dúvida. Caso seja vetado pelo departamento médico, Pedro Botelho entra em seu lugar.