Neste domingo (6), o Atlético entrou em campo desfalcado para enfrentar o Iraty, que já estava desclassificado. O primeiro tempo foi tranquilo. Suspensos, os atleticanos Antônio Carlos, Valencia e Marcelo Ramos desfalcaram o time, e foram substituídos por Alex Fraga, Zé Antônio e Léo Medeiros.

O Furacão começou dominando a partida com muita tranqüilidade e estudando a formação do azulão. Porém, o Iraty demonstrou que não veio passear na capital e colocou à prova a defesa do rubro-negro. Mas a análise do Atlético demorou, chamando a marcação do Iraty, que sentia ser possível marcar, irritando os torcedores atleticanos.

Na segunda etapa, os jogadores voltaram mais faltosos, resultando em uma "chuva" de cartões amarelos. Para o lado atleticano, Alan Bahia (4 min), Nei (8 min) e Netinho (14). Já no Iraty, Marcelo (11 min), Silvio (12) e Gilson (16).

Com o objetivo de dar mais dinâmica ofensiva, o técnico Ney Franco substituiu Danilo  e colocou Rogerinho em seu lugar, mudando para o esquema 4-4-2, mas não foi o suficiente para abrir o marcador.

Resultado sem gols, que deixa o Atlético na segunda posição do grupo A, com 10 pontos. Agora, os rubro-negros enfrentam o Toledo, no próximo final de semana, na Arena da Baixada.