Os jogadores do Vasco decidiram mais uma vez não se concentrar para a disputa da rodada do Campeonato Carioca, em protesto contra os salários atrasados. Os atletas adotaram a mesma medida antes da vitória sobre o Bangu, na última quarta-feira, por 3 a 1. Além do elenco, funcionários do clube não recebem há cerca de três meses.

“Sabemos que deixar de concentrar não vai resolver nossos problemas, mas também sabemos que concentração não ganha jogo. Vamos nos apresentar e estaremos preparados da mesma maneira”, disse o meia Felipe, que comunicou a decisão do elenco vascaíno à imprensa nesta sexta-feira.

A menos de uma semana para a estreia na Libertadores, o técnico Cristóvão Borges pretende escalar a equipe principal do Vasco no jogo neste domingo, contra o Friburguense, em São Januário, pela quarta rodada do Campeonato Carioca. Na próxima quarta, o time enfrenta o Nacional, do Uruguai, também em casa. “Vou usar o que tiver de melhor no momento, a não ser que haja uma lesão ou que alguém apresente cansaço”, avisou o comandante.