Doriva manteve a indefinição no time do Vasco, nesta sexta-feira, ao comandar um treino técnico apenas com os reservas da equipe. O treinador deve confirmar a escalação somente na atividade deste sábado, em Florianópolis, na véspera da partida contra o Figueirense, no Estádio Orlando Scarpelli.

Nesta sexta, os titulares fizeram apenas trabalho na academia de São Januário, assim como já tinha acontecido na quinta. Eles estão sendo poupados neste dois dias por causa da partida disputada na noite de quarta, contra o Cuiabá, no Mato Grosso, pela Copa do Brasil.

Para o gramado foram apenas os reservas. Doriva dividiu o grupo em dois times. Um deles foi escalado com Charles; Jonatas Paulista, Aislan, Jomar, Lorran, Henrique, Jackson, Sandro Silva, Emanuel Biancucchi, Romarinho e Thalles. Do outro lado, estavam Jordi; Jean Patrick, Anderson Salles, Douglas Silva, Júlio César, Lucas, Jhon Cley, Matheus Índio, Bernardo, Dagoberto e Yago.

A atividade definiu apenas o retorno de Dagoberto ao time. Ele havia sido poupado da partida contra o Cuiabá. Para o zagueiro Rodrigo, o retorno do atacante será importante para a equipe vascaína.

“O time ficará mais agressivo. O Dagoberto vem fazendo a função de meia e ele gosta também de ir em direção ao gol a todo momento. Contra o Goiás [na primeira rodada do Brasileirão], achei que ele fez uma das melhores partidas no Vasco. Jogou soltou e fez bons passes. A tendência é melhorar. Precisava dessa semana para recuperar a parte física. Espero que volte muito bem”, comentou.