O astro Michael Phelps viveu uma rotina de torcedor durante a Olimpíada de Inverno. O nadador está em Vancouver para assistir competições e avisou que a sua participação nos Jogos Olímpicos vai se encerrar dentro de dois anos.

Dono de 14 medalhas de ouro, o fenômeno norte-americano afirmou que não vai nadar oito eventos nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, e não irá competir depois que completar 30 anos. “Eu disse para mim que não irei nadar depois dos 30 anos”, disse.

Phelps terá 27 anos em Londres, quando espera encerrar a maior carreira de um atleta na história dos Jogos Olímpicos. Em 2008, na Olimpíada de Pequim, ele bateu o recorde de Mark Spitz ao conquistar oito medalhas de ouro em um único evento.

Estar em Vancouver como torcedor serve de inspiração para a sua quarta Olimpíada. “Eu não posso dizer para você quantas memórias passaram pela minha cabeça ao ver esses caras competindo”.

Phelps, que assistiu a vitória dos Estados Unidos sobre a Noruega no hóquei, revelou que também pretende acompanhar o compatriota Apolo Anton Ohno na disputa da patinação de velocidade.

Phelps voltará a treinar na segunda-feira e seu principal foco nesta temporada será disputa do Campeonato Pan-Pacífico em agosto. Ele acrescentou o levantamento de peso, a corrida e o boxe no seu programa de treinamentos. “O corpo tem de estar na melhor forma e ser capaz de fazer essas outras coisas trabalha músculos que eu não tinha trabalhado antes”, afirmou.

Recentemente, Phelps abriu uma escola de natação em Baltimore. “Se eu tiver a oportunidade de ajudar um garoto a realizar seus sonhos ou metas de vida, eu realmente não posso expressar em palavras o que isso significa”, disse.