O dia 15 de abril de 1973 não parece ter fim para o esporte brasileiro. Naquela data nasceram dois dos maiores atletas nacionais. Robert Scheidt está cada vez mais perto do seu nono título mundial na Laser – isso porque por anos ele competiu na classe Star. Já Emanuel Rego, no último fim de semana, colocou o seu nome no Guinness Book, o livro dos recordes.

O brasileiro chegou ao seu 149.º título no vôlei de areia ao vencer – com Alison – a etapa do Guarujá (SP) do Circuito Brasileiro. Assim, se tornou o atleta a mais vezes ser campeão na modalidade, superando Karch Kiraly. O norte-americano é considerado o maior jogador de vôlei (em todas as suas variantes) de todos os tempos. É o único atleta campeão olímpico na quadra (1984 e 1988) e na praia (1996), foi eleito o jogador do século (XX) e encerrou a carreira com 148 conquistas.

“Há alguns meses, soube da proximidade de um recorde, que pertencia a Karch Kiraly, um recorde de títulos na praia. Kiraly tinha 148 conquistas. Hoje esse recorde é nosso, o Brasil tem o recordista mundial de vitórias no vôlei de praia. Não sei ainda o tamanho dessa marca. Só sei que é história”, escreveu Emanuel, em declaração reproduzida pela CBV (Confederação Brasileira de Vôlei).

No total, Emanuel conquistou 77 títulos em competições da FIVB (Federação Internacional de Vôlei), 57 em etapas do Circuito Brasileiro, sete na AVP (circuito norte-americano), dois ouros nos Jogos Pan-Americano, três no Rei da Praia (torneio que elege o melhor jogador do Brasil), dois no Rei dos Reis (disputa entre o melhor do Brasil e o melhor dos EUA), além do ouro olímpico nos Jogos de Atenas/2004.