O embaixador da Holanda no Brasil, Kees Rade, disse nesta quarta-feira que espera a presença de 5 mil torcedores holandeses em São Paulo durante a Copa do Mundo. O grupo escolheu a capital paulista como sede do tradicional acampamento de torcida, que é sempre realizado pelos holandeses em eventos como a Copa e a Eurocopa.

O embaixador se reuniu nesta manhã com o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, e assinou um memorando de entendimento para cooperação entre a capital paulista e Amsterdã. O acordo contempla ações de ajuda na revitalização da Cracolândia e também em transporte público, principalmente na logística da seleção holandesa na Copa.

A equipe do técnico Louis van Gaal encerra no estádio paulistano a participação na primeira fase, ao enfrentar o Chile. “São Paulo será a sede da torcida e daqui eles vão viajar para as cidades onde a Holanda jogará. Nós vamos criar estratégias de segurança e de assuntos consulares para eles, como para o caso de perda do passaporte, por exemplo”, disse o embaixador.

Kees Rade chefia uma comitiva de representantes da federação holandesa de futebol, que já visitou outras cidades sede da Copa, como Porto Alegre, Belo Horizonte e Fortaleza. Também estava presente o coordenador da seleção responsável pela Copa, Gils de Jong.