Rio de Janeiro – Depois de quase dois anos, o volante Emerson, da Juventus, voltará a ser titular da seleção brasileira em jogos pelas Eliminatórias do Mundial de 2006. Ele estará na lista dos convocados da tarde de hoje para os confrontos com Peru e Uruguai, no final de março. ?A seleção precisa de um jogador como o Emerson para ter equilíbrio no meio. Sem isso, fica um time camicase?, disse o técnico Carlos Alberto Parreira, convicto de que o atleta amadureceu nos últimos anos e se tornou indispensável para a seleção.

Emerson participou de três partidas no início das eliminatórias: contra Colômbia, Equador e Peru – todas disputadas em 2003. Depois, perdeu a vaga para Renato e nunca mais atuou na competição. Desta vez, passou a ser reforço fundamental para o setor. ?A experiência do Emerson vai pesar nos dois compromissos.? Parreira mudou de idéia depois de contusão grave de dois jogadores: Edmílson e Gilberto Silva. O primeiro, campeão do mundo em 2002 como zagueiro, adaptou-se muito bem à posição de volante e deixou Gilberto Silva na reserva. Sem a dupla, Parreira poderia optar por Renato, o que mais atuou no meio-de-campo nas 11 partidas da seleção pelas eliminatórias. Esteve em nove jogos. ?Embora marque bem, volante não é a posição de origem do Renato.?

Gilberto Silva já voltou a treinar, mas não deve constar da lista. Ele jogou pela última vez em 18 de setembro do ano passado, no empate do Arsenal, por 2 a 2, com o Bolton, pelo campeonato , quando sofreu uma lesão na segunda vértebra da coluna lombar. Parreira espera por Edmílson para a Copa das Confederações, em junho, na Alemanha. O atleta foi submetido a uma cirurgia de joelho em 3 de outubro de 2004 e só retornará aos treinos em abril.

Existe a expectativa da inclusão do zagueiro Juan na lista. Ele sofreu entorse de tornozelo e, de acordo com o médico José Luís Runco, estará liberado para voltar às atividades na terça-feira. Roque Júnior, já recuperado de tendinite, retomou os treinos físicos e pode figurar na relação.

O Brasil enfrentará o Peru, dia 27, em Goiânia. Três dias depois, estará em Montevidéu para jogar com o Uruguai. A seleção ocupa o segundo lugar nas eliminatórias sul-americanas, com 20 pontos, dois atrás da Argentina.