Other Victory (E.G.Cruz), do Stud
Campal, confirmou seu favoritismo
no clássico de quinta-feira, sob
os cuidados de I.F.Ribeiro.
Foto: Valquir Aureliano.

O argentino Equinox deu um show na Prova Especial Independência, vencendo fácil e, mesmo com areia muito solta, assinalou 2?08″7, para os 2.000 metros, ficando a dois décimos do recorde de Jack Grandi. Luro e Itacoré saíram em luta, com Equinox firme na terceira colocação. No final da curva, Equinox melhorou para segundo e, depois de dominar Itacoré, disparou para o disco. Itacoré defendeu o segundo com Itaverá na posição imediata.

Equinox venceu defendendo as cores do Beverly Hills Stud, sob os cuidados de Gladston Figueiredo Souza e dirigido com tranqüilidade por Ângelo Márcio Souza.

O Clássico Luiz Jácome de Abreu e Souza, prova mais importante da noite, marcou a esperada vitória de Other Victory, que na reta atacou Latin Cat, que chegou a oferecer resistência, mas no final Other Victory destacou-se daquele rival, para cruzar o disco com 3 corpos de vantagem. Latin Cat defendeu o segundo, sem ser ameaçado por Del Piero.

Other Victory, de criação de Carlos Eduardo S. Vaz Guimarães, defendeu a farda do Stud Campal, sendo dirigido com tranqüilidade por Émerson Gonçalves Cruz e apresentado em boa forma por I.F.Ribeiro.

Provas complementares

Lampeggio (R.Oliveira), do Stud Magente, confirmou seu favoritismo na prova de abertura, dominando, no final, Ahead Again, enquanto Roberta Miranda atrasou-se para terceiro.

Orco Ridge (J.Ventura), do Stud Tuneca, surpreendeu no segundo páreo. O favorito Offensivo chegou a dar impressão de vitória, mas atrasou-se para terceiro, com Grand Júlio na formação da dupla.

Pokhara Over (E.Mendes), defendendo as cores do Stud P.K.B., venceu dominando Overmars nos metros finais. O favorito Miner American, sem corresponder, terminou na terceira colocação.

Arroyo (Z.M.Rosa), de César Augusto Colaço, venceu o sexto páreo, dominando com autoridade o ligeiro Kill Glory, com Carnarvon Castle mais atrasado na terceira colocação.

Por Fora (Z.M.Rosa) conseguiu boa vitória para o Haras dos Girassóis, dominando Slave Lup depois de movimentado percurso. Laguna Porã, que correu na ponta, atrasou-se para terceiro.

Potion (Z.M.Rosa) marcou a segunda vitória do Haras dos Girassóis, em prova reservada para animais de três anos, com seis corpos na frente do favorito Gambo Ridge. Tebaldi chegou mais atrasado na terceira colocação.

Hippocrene (E.Mendes), do Haras Morro Vermelho, conseguiu boa vitória. Zenak, muito veloz, estreou correndo na ponta com ampla vantagem, mas nos metros finais foi dominada. Linda Carol chegou a seguir.

Opressivo (E.G.Cruz) estreou com vitória na prova de encerramento. O defensor do Stud Gold Black venceu em difícil final, deixando Lima?s King perto na segunda colocação, com Zippyvity a seguir.