Poucas horas depois da maior alegria desta temporada, o piloto Marcos Gomes e a equipe Action Power receberam uma das notícias mais tristes de suas carreiras. O caminhão que transporta os equipamentos do time sofreu um incidente na madrugada de ontem, na rodovia Régis Bittencourt, que liga São Paulo a Curitiba, na altura do km 362, no município de Miracatu (SP). Ninguém ficou ferido, mas o prejuízo material foi total.

Além de ver o carro vencedor da última etapa da Stock Car ser completamente destruído, o time já calcula que será logisticamente impossível alinhar os dois carros no grid das próximas etapas da Stock Car.

“Tivemos um enorme prejuízo financeiro, mas nem todo o dinheiro do mundo conseguirá recuperar o time a tempo de participar das próximas etapas. Temos que levantar a equipe do zero de novo, porque, além dos três carros, o incêndio destruiu completamente todos os nossos equipamentos: peças reservas, estrutura de box, balanças, ferramentas etc.

Em mais de 20 anos de história, jamais passei por esta situação”, declarou o ex-piloto paranaense Paulo de Tarso, diretor-técnico da equipe que possui um dos currículos mais vitoriosos da Stock Car, com cinco títulos e mais de 50 poles e vitórias.

O acidente aconteceu quando o time transportava de volta os três carros de Stock Car do autódromo de Interlagos, onde ontem foi disputada a quinta etapa da categoria, para a sede da Action Power em Curitiba, quando o caminhão pegou fogo, destruindo integralmente todos os veículos de competição e equipamentos.

“Não restou nada do que foi utilizado neste final de semana em Interlagos. Neste ano, com o carro novo da Stock Car, dependemos de peças importadas para montarmos uma nova estrutura, além de materiais que não têm simples reposição. Ou seja, é logisticamente impossível colocar dois novos carros de nosso time tão cedo de volta ao campeonato da Stock Car”, diz Paulo de Tarso.

Após o abalo com a tragédia, a equipe busca ao menos colocar Marcos Gomes no grid das próximas corridas. “Estamos estudando todas as possibilidades. Nosso objetivo é buscar o título da Stock Car e vamos tentar viabilizar a continuidade no campeonato, possivelmente contando com uma parceria com outra equipe para que esta participação seja viável já na próxima etapa”, ressaltou Paulo de Tarso.