O desentendimento entre a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e algumas equipes da Fórmula 1 chegaram ao ponto máximo. A Associação das Equipes (Fota) revelou na noite desta quinta-feira que vai deixar a federação para criar um novo circuito, com regras e regulamento próprios, para 2010.

A decisão foi anunciada após uma reunião na fábrica da Renault em Enstone, na Inglaterra. Ao todo, oito escuderias devem integrar a nova categoria. Ferrari, McLaren, Toyota, Renault, STR, Sauber, Brawn GP, RBR não concordaram com as restrições orçamentárias impostas pela FIA e vão romper relações.

Na última sexta-feira (12), a FIA anunciou a lista de 13 equipes inscritas para a temporada 2010, na qual Ferrari, Red Bull e Toro Rosso foram confirmadas sem restrições, enquanto McLaren, Brawn GP, BMW Sauber, Renault e Toyota foram inscritas de forma condicional, tendo até 19 de junho para confirmar suas respectivas participações. Williams e Force India confirmaram participação independente do que for decidido.

Com as radicais mudanças, a lista final dos inscritos para integrar a Fórmula 1 de 2010 deve ser divulgada neste sábado (29). A polêmica maior vai ficar como o caso da Ferrari, RBR e da STR, já que a FIA alega que as três equipes ainda tem contrato com a categoria.