O Estádio do ABC, onde o Foz do Iguaçu mandará seus jogos, tem capacidade para 15 mil torcedores. Mas a diretoria do Azulão da Fronteira ainda aguarda apoio da prefeitura municipal e de empresários da cidade para “acertar pequenos ajustes”, para que seja liberada pela comissão de vistorias da FPF.

Além das reformas nos vestiários dos rivais, melhorias para a segurança da torcida visitante. O acesso de carros, motos e barracas de alimentos dentro do estádio também precisará ser corrigido.

Outro detalhe que a diretoria do Foz tenta resolver antes da estréia: o clube foi punido com uma perda do mando de uma partida por problemas num dos jogos da Divisão de Acesso.