A ausência da torcida nos estádios não é fator determinante para o aproveitamento como mandante para Athletico e Paraná. Porém, o Coritiba vem sentindo mais o peso de não contar com seu torcedor. O retrospecto mostra que Furacão e Tricolor já tiveram desempenho igual ou até pior na competição quando contaram com o apoio da arquibancada. Por causa da pandemia do coronavírus, não há espectadores nas partidas desde o início da disputa.

Considerando os resultados alcançados pelos times ao final da 12ª rodada da competição nacional – atual andamento do campeonato – e traçando um comparativo com o mesmo período de anos anteriores, na mesma divisão, o desempenho das equipes oscilou.

O Rubro-Negro, que atingiu 71,4% de aproveitamento após sete jogos em casa em 2019 (mesmo número de partidas em 2020), hoje tem 52,4%. Entretanto, em 2018, teve apenas 47,6% no mesmo período.

No final das duas últimas temporadas, o aproveitamento final na Arena foi de 68,4%, em 2019, e 77,2%, em 2018, o que mostra que o início não necessariamente reflete toda a competição, com o Furacão podendo melhorar ainda esses números, independentemente de contar com a torcida nas arquibancadas.

>> Tabela e classificação do Brasileirão

Situação semelhante à do Coxa, que somava 73,3% como mandante em 2017 – quando esteve pela última vez na Série A – e atualmente conta apenas com 40%, abaixo dos 53,3% nos primeiros cinco jogos em cada em 2016.

Porém, ao término das duas participações mais recentes na elite, não chegou nem a 60% de aproveitamento atuando no Couto Pereira, mesmo tendo jogos com casa cheia, o que mostra um desempenho baixo em determinado momento do torneio.

Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná.

Na Série B, o Tricolor teve um leve aumento na sua porcentagem nas partidas longe dos torcedores. Atualmente, o time tem 66,6% de aproveitamento, mesmo desempenho de 2017 nos primeiros sete jogos em casa. Em esse número foi de 57,1%.

Um número muito próximo ao atual, mas na sequência da competição o resultado foi bem diferente, caindo para 54,4% ano passado, mas beirando os 80% em 2017, ano do acesso, quando o time paranista teve uma boa média de público na Vila Capanema, e isso o empurrou para o acesso. Mas, via de regra, aquela temporada foi a exceção.

Paraná teve melhora com a ausência de sua torcida. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná.

>> Tabela e classificação da Série B

A análise, baseada em números levantados, compara apenas o aproveitamento. Outros fatores que podem explicar as mudanças nos resultados, como desempenho do time na temporada e até os adversários enfrentados, não foram considerados.

Aproveitamento dos times como mandante nos últimos anos:

Athletico:

– Brasileirão 2020 – 52,4% como mandante até aqui (3 vitórias, 2 derrotas e 2 empates).
– Brasileirão 2019 – 68,4% ao final da competição
Após sete jogos em casa: 71,4% de aproveitamento (5 vitórias e 2 derrota)
– Brasileirão 2018 – 77,2% ao final da competição
Após sete jogos em casa: 47,6% de aproveitamento (3 vitórias, 1 empate e 3 derrotas)

Coritiba

– Brasileirão 2020 – 40% como mandante até aqui (2 vitórias e 3 derrotas).
– Brasileirão 2017 – 45,6% ao final da competição
Após cinco jogos em casa: 73,3% de aproveitamento (3 vitórias e 2 empates).
– Brasileirão 2016 – 59,6% ao final da competição.
Após cinco jogos em casa: 53,3% (2 vitórias, 2 empates e 1 derrota).

Paraná

– Série B 2020 – 66,6% como mandante até aqui (4 vitórias, 2 empates e 1 derrota).
– Série B 2019 – 54,4% ao final da competição
Após sete jogos em casa: 57,1% de aproveitamento (3 vitórias, 3 empates e 1 derrota)
– Série B 2017 – 78,9% ao final da competição
Após sete jogos em casa – 66,6% (4 vitórias, 2 empates e 1 derrota).

+ Mais do Trio de Ferro:

+ Relembre o retrospecto do Athletico no mata-mata da Libertadores
+ Rafinha ganha ação do Coritiba na Justiça por atraso de salários
+ Bolsonaro posa com a camisa do Paraná em Brasília


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?