No duelo mais equilibrado das finais da Liga Mundial, os Estados Unidos venceram a Polônia por 3 sets a 2, com parciais de 25/18, 23/25, 27/25, 18/25 e 16/14, e seguem com chances de se classificarem para as semifinais do torneio. Agora, os norte-americanos torcem para os sérvios superarem os poloneses nesta sexta-feira, no Rio.

O jogo entre Estados Unidos e Polônia foi o primeiro que não terminou com uma equipe vencendo por 3 sets a 0. O ponteiro Mariusz Wlazly da Polônia fez 31 pontos e foi o maior pontuador do jogo. Os norte-americanos William Priddy e Clayton Stanley marcaram 21.

Com um saque forte e se aproveitando dos muitos erros da Polônia os Estados Unidos venceram o primeiro set por 25 a 18. O segundo e o terceiro set foram equilibrados e decididos com vários pontos em bloqueios.

Os bloqueios voltaram a ser decisivos no quarto set, vencido pelos poloneses por 25 a 18. No tie-break, os Estados Unidos abriram vantagem, mas levaram a virada e chegaram a estar perdendo por 14 a 13. No entanto, conseguiu fechar o jogo em 16/14, com um ace de William Priddy.