Saitama – As seleções dos Estados Unidos e da Grécia, duas das favoritas ao título, se classificaram para as semifinais do mundial de basquete masculino que está sendo realizado no Japão. Os norte-americanos, que contam com jogadores da NBA, tiveram trabalho, especialmente no primeiro tempo, para derrotar a Alemanha por 85 a 65. Mais cedo, a Grécia não tomou conhecimento da França e venceu por fáceis 73 a 56. O confronto por uma vaga na decisão acontecerá amanhã, em Saitama.

Assim como Espanha e Argentina, que passaram às semifinais na terça, Estados Unidos e Grécia estão invictos até o momento no mundial. As quatro seleções venceram todos os sete jogos que disputaram até agora. Espanhóis, argentinos e, claro, norte-americanos têm jogadores da NBA, mas os gregos, mesmo sem ninguém na maior liga de basquete do mundo, já estão entre os quatro melhores pela terceira vez nos últimos quatro mundiais.

O ala/armador Carmelo Anthony, que joga no Denver Nuggets, foi o cestinha da equipe dos Estados Unidos com 19 pontos e o companheiro LeBron James, do Cleveland Cavaliers, contribuiu com 13. O destaque da Grécia contra a França foi o jogo coletivo, tanto é que o cestinha da equipe foi Antonis Fotsis com apenas 14 pontos.

Vagas

Eliminada ainda na primeira fase, a seleção brasileira torce agora para que Argentina ou Estados Unidos vençam a competição. Isso facilitaria o caminho para o time voltar a disputar a Olimpíada, o que não acontece desde 1996. Por enquanto, a torcida está dando certo: as duas seleções do continente americano já estão nas semifinais.

O campeão mundial garante vaga automaticamente para os Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. Se EUA ou Argentina conquistarem o título, o Brasil terá mais chances de conquistar uma das duas vagas que estarão em jogo no Torneio Pré-Olímpico da Venezuela, no ano que vem.

Se não obtiver vaga na Venezuela, o Brasil terá mais uma chance para se classificar à Olimpíada, em uma repescagem mundial, que teve formato definido ontem pela Federação Internacional de Basquete (Fiba). O pré-olímpico será realizado entre os dias 7 e 13 de julho, sem local definido, e dará três vagas para a Olimpíada.