A partir desta sexta-feira a cidade de Marechal Cândido Rondon será foco do voleibol paranaense. Nesse período 11 equipes estarão disputando o título do Campeonato Estadual da Juventude, principal competição da Federação Paranaense de Voleibol voltada para atletas nascidos a partir de 1992 e que revela atletas para a categoria adulta.

Cinco equipes jogam no masculino e seis jogam no feminino. A competição já teve duas etapas e na fase final reúne as melhores para a disputa do título. A Secretaria de Esportes de Marechal Cândido Rondon e o Colégio Martin Luther, com apoio da Tecsoft, oferecem toda estrutura do município para abrigar a competição.

Serão realizados 25 jogos de sexta a domingo com grandes embates que desde a primeira rodada podem decidir o título. No feminino, Amavolei/Regina Mundi de Maringá venceu as duas etapas e é a grande favorita ao título.

Porém, dentre as outras cinco participantes, Círculo/Dom Bosco vem com equipe bem treinada e pode surpreender; Londrina/Unifil/Sercomtel tem um grande elenco; SMEL Araucária conta com a parceria com o Sion/Nutry para a formação de uma equipe competitiva, Paraná/Expoente venceu dois estaduais no feminino em categorias menores, e Marechal Cândido Rondon vai contar com o apoio da torcida para lutar pelo título.

No masculino, Círculo/Dom Bosco também venceu as duas primeiras etapas e entra na fase final preparado para ficar com o ouro. Mas assim como no feminino, o masculino na fase final é imprevisível. Amavolei/Regina Mundi é uma equipe forte e que pode faturar o título; Cianorte/Karapálida está bem treinada e pode surpreender; assim como Castro que entra como azarão mas já mostrou na competição que tem condições de vencer. E como uma grande força, Marechal entra com o apoio da torcida e será um adversário difícil na luta pelo título.