A realização de uma etapa brasileira da Fórmula Indy renderá bons frutos aos cofres de São Paulo. Segundo estimativa oficial, a prova paulistana deve movimentar pelo menos R$ 100 milhões na economia da cidade.

A expectativa do núcleo de estudos e pesquisas da São Paulo Turismo (SPTuris) é de que 31 mil pessoas venham à cidade acompanhar a prova. Desse total, seis mil seriam estrangeiros. Também são aguardadas outras mil pessoas das equipes da Indy. Ainda de acordo com a SPTuris, a taxa de ocupação dos hotéis de São Paulo deve subir de 27% para 70% durante o evento.

“A Indy foi mais uma grande conquista para a cidade cuja vocação são os eventos, aliados a uma agenda cultural invejável. Vamos manter nossa estratégia de atrair e investir em eventos que trazem ganhos para economia paulistana”, afirmou o presidente da SPTuris, Caio Luiz de Carvalho.

A etapa brasileira será a de abertura desta temporada da Fórmula Indy e ocorrerá em 14 de março, na região do Sambódromo do Anhembi, na zona norte de São Paulo.