Começa nesta terça-feira, em Maceió (AL), o grande giro que o Circuito Mundial de Vôlei de Praia fará pelo Brasil neste início de temporada. Parte da verba que a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) tinha para o circuito nacional foi alocada para a organização de quatro eventos internacionais no País até o dia 1.º de maio, passando também por Rio de Janeiro, Vitória (ES) e Fortaleza (CE).

Apesar de o torneio de Maceió ser da série Open, que distribui menor premiação na comparação com os das séries Major e Grand Slam, a etapa alagoana vai receber boa parte das principais parcerias da atualidade. Ao todo são 104 duplas, de 31 países.

O Brasil tem 15 times inscritos no torneio. No masculino, só uma das duas duplas que vão a Olimpíada estará em Maceió: Pedro Solberg/Evandro. Alison e Bruno Schmidt não se inscreveram e vão adiar o início de temporada. Também Ricardo/Emanuel não vai jogar, porque Emanuel está machucado. Ricardo atuará com Harley, começando do qualifying.

Na chave principal estão garantidos Álvaro Filho/Vitor Felipe e Oscar/André, esta última dupla com convite da organização – André é filho do ex-jogador Loyola. No qualifying estão Ricardo/Harley, Guto/Saymon, Bruno/Hevaldo, Allison Francioni/Vinícius e Thiago/George.

No feminino, tanto Ágatha/Bárbara Seixas quanto Larissa/Talita, duplas olímpicas do Brasil, estão na chave principal. Juliana/Taiana, time recém-formado, também inicia já na fase de grupos, assim como Val/Josi, dupla de veteranas que recebeu convite da organização. No quali estão Maria Elisa/Lili, Duda/Elize Maia e Ângela/Rachel.

O calendário internacional do vôlei de praia começou com um Open no Irã, na semana passada, só com chave masculina. O torneio, que não teve a participação de duplas representando o Brasil, foi vencido por um brasileiro: Jefferson, que, em parceria com Cherif, defende o Catar.