A favorita seleção norte-americana teve trabalho, mas venceu a Rússia, nesta quinta-feira, em Istambul, por 89 a 79, pelas quartas de final do Mundial de basquete masculino da Turquia. Apesar da ampla vantagem, os Estados Unidos tiveram dificuldade para bater os russos, principalmente no primeiro tempo.

Com uma equipe baixa, graças ao corte de diversos jogadores da NBA, os norte-americanos foram dominados no garrafão no início da partida, principalmente pelo pivô Andrey Vorontsevitch, que pegou 10 rebotes na primeira metade do jogo – 12 no total.

Um dos destaques do torneio, o astro da NBA Kevin Durant mantinha sua equipe no jogo, principalmente em bolas de três pontos. No final do segundo período, o placar apontava uma pequena vantagem para os Estados Unidos: 44 a 39.

Na volta do intervalo, o técnico Mike Krzyzewski passou a apostar em jogadores mais altos e contou com a ótima atuação do ala-pivô do Los Angeles Lakers Lamar Odom, que também anotou 12 rebotes, para abrir vantagem no placar.

O cestinha da partida foi o norte-americano Kevin Durant. O ala do Oklahoma City Thunder, maior pontuador da equipe no campeonato, anotou 33 pontos, além de contabilizar cinco rebotes em 37 minutos em quadra.

Com a vitória, os Estados Unidos voltam a quadra no próximo sábado, às 13 horas (horário de Brasília), pelas semifinais do Mundial, contra o vencedor do confronto entre Lituânia e Argentina, que se enfrentam ainda nesta quinta.