O Palácio de Cristal, no Círculo Militar, recebe no próximo sábado (11), às 15h a Seletiva Nocaute ao Crack 2013 , com apresentações amadoras de diversas modalidades de artes marciais e ações efetivas de conscientização sobre os perigos das drogas. O evento, organizado pelo Movimento Curitiba Te Quero Sem Drogas e pela Força Jovem pretende atrair a comunidade à práticas saudáveis e, tem o apoio da Prefeitura de Curitiba, da Frente Parlamentar Contra o Crack e outras Drogas da Câmara Municipal, e diversas academias do segmento.

Para o idealizador das iniciativas, vereador Valdemir Soares , ”O esporte é uma ferramenta para afastar os jovens do universo das drogas. São realidades opostas e se incentivadas as práticas saudáveis, extraem das estatísticas o número de tragédias relacionadas ao consumo de substâncias ilícitas e arrancam o sofrimento de muitos lares que vivem esse problema”, pontua o parlamentar.

O esporte como um recurso decisivo no combate às drogas e na ressocialização de ex-dependentes é o objetivo da realização do evento que reunirá 20 lutas de Muay Thai, Jiu Jitsu, Submission, Mixed Martial Arts (MMA) e personalidades que incentivam a iniciativa. O apoio da Secretaria Municipal de Esporte Lazer e Juventude (Smelj), Secretaria Municipal da Defesa Social, Políticas Públicas Sobre Drogas fortalecem as ações efetivas do calendário do Movimento durante todo ano, de conscientização e prevenção sobre os malefícios do consumo de entorpecentes.

Cerca de 30 jovens recuperados através de ações do Movimento Curitiba Te Quero Sem Drogas vão apresentar seus depoimentos de como foram resgatados e decidiram mudar a direção de suas vida através de práticas esportivas.

A escolha dos atletas que participarão da primeira fase da competição foi definida a critério dos mestres que coordenam as academias parceiras do evento e aprovados pela comissão idealizadora do Nocaute ao Crack. A arbitragem dos combates para ingresso ao evento oficial, que vai ser realizada no segundo semestre, será feita pela Associação Paranaense de Lutas e pela Federação de Jiu Jitsu do Paraná.

As duas instituições também vão supervisionar a pesagem dos atletas, um dia antes da Seletiva. As categorias dos participantes são Galo, Meio Leve, Leve e Meio Médio. Os vencedores serão premiados com troféus, medalhas, suplementos alimentares e a oportunidade de competir no evento oficial.