Uma emocionante montanha-russa. Assim os pilotos da Stock Car comparam a emoção de contornar a curva do Bacião no autódromo de Cascavel, onde a Stock Car disputa a oitava etapa da temporada neste domingo após um hiato de 20 anos sem provas da categoria na cidade paranaense.

Desde a vitória de Roberto Amaral no ano de 1992 que a principal categoria do Brasil não corre na pista paranaense. Contudo, um piloto no grid pode se gabar e dizer que já venceu no circuito: Ricardo Zonta.

Foi na cidade de 300 mil habitantes, também conhecida como “Capital do Oeste”, que Zonta deu a arrancada para o título da F-3 sul-americana em 1995 e turbinou a escalada do paranaense rumo à Fórmula 1, o que aconteceria em 1997, quando fez seu primeiro teste. “Guardo boas memórias de lá. Tenho o troféu até hoje, guardado em um local especial em minha sala”, comenta.

Pela primeira vez andando de carros de turismo no autódromo que leva o nome de seu idealizador (Zilmar Beux), Zonta, uma das estrelas do Paraná na pista e principal referência para a torcida local, acredita que a sessão extra e os treinos livres terão suma importância, uma vez que todas as equipes trabalharão do zero, sem referência alguma, neste fim de semana.

A corrida será exibida ao vivo pela Rede Globo às 9h30 (de Brasília), dentro do programa “Esporte Espetacular”.