Guadalajara – Fabiana Murer entrou nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara como grande favorita ao ouro no salto com vara. Atual campeã mundial – ganhou o campeonato disputado na Coreia do Sul, no final de agosto, com 4,85 metros -, a brasileira atingiu apenas 4,70 metros na final de ontem e foi superada pela cubana Yarisley Silva, que ficou com o título ao fazer 4,75 metros.

A brasileira não conseguiu defender seu título conquistado no Pan do Rio, em 2007, e foi surpreendida pela incrível performance da cubana. Antes dos Jogos de Guadalajara, Yarisley Silva tinha 4,70 metros como melhor marca na carreira. Dessa vez, porém, a saltadora de Cuba ultrapassou o sarrafo a 4,75 metros, ganhou o ouro e bateu o recorde da competição – Fabiana Murer tinha feito 4,60 metros há quatro anos.

Além da prata de Fabiana Murer, o atletismo rendeu mais três medalhas ao Brasil ontem, no segundo dia de disputas da modalidade no Pan. Cruz Nonata foi prata nos 10.000 metros, enquanto Ronald Julião ganhou bronze no arremesso de disco e Joílson Silva também foi bronze nos 5.000 metros.