A brasileira Fabiana Murer mantém o otimismo para a próxima etapa da Liga Diamante, que será realizada neste sábado, em Gateshead, na Inglaterra. Líder da competição no salto com vara, a atleta vem de dois títulos nas últimas etapas, em Roma, na Itália, e Eugene, nos Estados Unidos. Agora, ela espera manter o bom desempenho em solo inglês.

“Estou muito bem treinada”, afirmou nesta sexta-feira Murer, que só teme pelo tempo ruim em Gateshead. “Acho que é possível ir bem outra vez, a pista é boa. Só que, às vezes, o tempo não ajuda e chove bastante”, lembrou a saltadora.

Na Inglaterra, Murer terá forte concorrência. Isso porque competirão a norte-americana Jennifer Suhr, dona da melhor marca do ano, de 4,89 metros, e a russa Svetlana Feofanova, que fez a quinta, com 4,71 metros. A brasileira, por sua vez, já ultrapassou o sarrafo nas alturas de 4,85 e 4,75 metros em 2010, com a segunda e a terceira melhores marcas.

Por outro lado, a polonesa Anna Rogowska, atual campeã mundial e que já saltou 4,71 metros neste ano, não deve competir. Mesmo assim, Murer espera uma prova “bem disputada”, na qual buscará boas marcas. “Também vai ser boa para tentar buscar saltos mais altos. A competitividade ajuda nisso”, encerrou a brasileira.