Primeira campeã mundial na história do atletismo brasileiro, a saltadora Fabiana Murer retoma a carreira após a conquista da última semana, no Mundial de Atletismo de Daegu, na Coreia do Sul. Nesta quinta-feira, a atleta saltará no Weltklasse Zurique, na Suíça, pela última etapa da Diamond League, a Liga Diamante.

Na final de Zurique, os pontos são contados em dobro: oito para o primeiro lugar, quatro para o segundo e dois para o terceiro, em cada prova disputada do salto com vara.

Fabiana Murer está na segunda colocação da Liga Diamante 2011 com oito pontos, atrás apenas da alemã Silke Spiegelburg. Em terceiro lugar, com a mesma pontuação (cinco), estão a polonesa Anna Rogowska e a americana Jennifer Suhr.

Com quatro, aparecem na sequência da classificação as russas Yelena Isinbayeva e Svetlana Feofanova, medalha de bronze no Mundial de Daegu. Todas as saltadoras estão na lista de inscritas para a prova de Zurique.

Na temporada, Fabiana começou a competir em maio e venceu o GP Brasil de Atletismo (4,65 m), no Rio, de Janeiro. Depois, a brasileira foi ao Sul-Americano de Buenos Aires para ficar com o ouro (4,70 m), no dia 2 de julho.

Pela Liga Diamante, em julho, Fabiana levou a medalha de bronze em Eugene (4,48 m), e de ouro, em Oslo (4,60 m); em agosto, ganhou a prata em Londres (5,71 m). Ainda saltou em Estocolmo, e ficou em quinto (4,51 m).