O meio-campista Cesc Fàbregas revelou que uma conversa com o técnico português José Mourinho o motivou a se transferir para o Chelsea. O espanhol, que está no Brasil com sua seleção disputando a Copa do Mundo, ainda não havia se pronunciado sobre a sua saída do Barcelona, onde atuava desde 2011.

“O meu ciclo no Barcelona está encerrado e estou buscando o melhor para mim. Falei com o Mourinho e ele disse o que eu queria escutar, ele me ganhou e me conquistou”, disse Fàbregas neste domingo na concentração da Espanha, em Curitiba.

Assim, ele voltará a disputar o Campeonato Inglês. O Arsenal – clube em que o atleta se profissionalizou para o futebol e jogou entre 2003 e 2011 – tinha por contrato a preferência de voltar a contar com o espanhol, mas ele afirmou que o técnico francês Arsène Wenger não se mostrou muito interessado.

“Ele me disse que a minha posição estava bem coberta com Özil e seria difícil de achar lugar para mim”, afirmou o meio-campista, que se disse feliz por poder voltar ao futebol inglês. “Mirei as grandes equipes da Inglaterra, que era para onde eu queria voltar”, revelou o jogador.