O clima não está bom em Vila Oficinas e para piorar o Operário recebe o líder do Paranaense para tentar afastar a crise. Diante do Coritiba, o time terá a missão de quebrar a série de três derrotas seguidas, mas não será fácil.

Após dispensas e uma partida pífia contra o Iraty, jogadores, comissão técnica, diretoria e até uma torcida organizada lavaram a roupa suja e tentam reerguer o Fantasma, que venceu nas duas primeiras rodadas e sonhou com voos maiores.

Contra o Alviverde, no entanto, o técnico Norberto Lemos tem as voltas do zagueiro Leonardo e dos volantes Serginho Catarinense e Serginho Paulista para frear o ímpeto do Coxa.