Nem mesmo a derrota para o São José-RS deve desanimar a torcida do Operário de Ponta Grossa. Afinal, depois de 18 anos, hoje o Fantasma volta a disputar um jogo de Campeonato Brasileiro na Vila Oficinas. Às 16h, o adversário será o Joinville-SC, pelo grupo 9 da Série D.

Confiante na força da galera operariana, que pretende lotar o Germano Kruger, o treinador do Fantasma pediu que seus jogadores sufoquem os catarinenses. “Quero um time com mais atitude”, disse o comandante Pedro Caçapa, antes de completar: “É pra pressionar o adversário!”.

O atacante Léo Gazolla afirma ter entendido bem as palavras do treinador. “O Joinville é time grande, mas queremos nossa torcida jogando junto e vamos pra vencer”, destaca o jogador sobre o time catarinense, que venceu na estreia da Série D. No outro jogo do grupo, ontem, o Oeste derrotou o São José-RS em Itápolis (SP) por 1 x 0, com gol de Alex William logo no início, e somou seus três primeiros pontos no torneio.

Pra embalar

Às 16h de hoje, o Iraty vai até Blumenau, onde enfrenta o Metropolitano-SC e busca sua segunda vitória. O Azulão saiu do interior paranaense na sexta-feira, para se adaptar ao clima catarinense. “Esperamos um bom resultado, pra embalar”, disse o diretor de futebol do clube paranaense, Geraldo Campanholi. Para completar a 2ª rodada do grupo 10, o Marcilio Dias-SC, do ex-Cascavel Elói Kruger, vai até Pelotas enfrentar o time da casa. Ambos perderam o primeiro jogo.