O holandês Guus Hiddink está muito perto de ser anunciado oficialmente como novo técnico do Chelsea, após a demissão de Luiz Felipe Scolari. A União Russa de Futebol (FUR, na sigla em inglês) anunciou nesta terça-feira que autorizou o treinador a assumir o comando do time londrino temporariamente até o término da temporada 2008/2009.

“A FUR confirma oficialmente que o Chelsea pediu permissão para falar com o treinador holandês Guus Hiddink para se tornar técnico do clube temporariamente até o final da temporada na Inglaterra, continuando no comando da seleção russa”, afirma, em nota oficial.

A FUR acredita que o provável acerto de Hiddink com o Chelsea não vai atrapalhar seu trabalho na seleção russa. “Nós temos em mente que o trabalho de Hiddink na seleção russa continuará sendo prioridade. A FUR está pronta para aceitar a proposta do Chelsea. Temos de admitir que, de acordo com o contrato de Hiddink com a FUR, ele não é proibido de trabalhar em dois lugares. A FUR tem absoluta certeza de que isso não irá causar nenhum dano na campanha russa nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010”, diz.

Os russos deixam claro a intenção de manter o treinador holandês até a Copa do Mundo de 2010. “A FUR, mais uma vez, chama a atenção para o fato de que Guus Hiddink vai continuar seu trabalho na seleção nacional da Rússia, pelo menos, até junho de 2010, quando seu contrato se encerrará”, finaliza.