O suíço Roger Federer disparou na liderança do ranking da Associação de Tenistas Profissionais (ATP), divulgado nesta segunda-feira, depois de ganhar o título do Masters 1000 de Cincinnati. Com a conquista, o número 1 do mundo chegou aos 12.040 pontos.

A vantagem de Federer, que ganhou mil pontos com o título é de 2.430 pontos para o britânico Andy Murray, que foi eliminado pelo suíço nas semifinais de Cincinnati e tem 9.610 pontos. O espanhol Rafael Nadal, que parou nas semifinais, tem 9.025 pontos, seguido pelo sérvio Novak Djokovic, finalista em Cincinnati, com 7.660.

O ranking da ATP não sofreu alterações nas dez primeiras colocações. Assim, o norte-americano Andy Roddick, o argentino Juan Martin del Potro, o francês Jo-Wilfried Tsonga, o russo Nikolay Davydenko, o francês Gilles Simon e o espanhol Fernando Verdasco completam o top 10.

Entre os brasileiros, Marcos Daniel voltou ao 57.º lugar, melhor ranking de sua carreira. Thomaz Bellucci, que não entra em quadra desde o título do Torneio de Gstaad, caiu uma posição e agora está em 68.º lugar. Nesta semana, ele vai disputar o qualifying do US Open, que já tem Daniel e Thiago Alves, número 106 do mundo, garantidos na chave principal.

Ranking da ATP, 24/8:

1) Roger Federer (SUI), 12.040 pontos

2) Andy Murray (GBR), 9.610

3) Rafael Nadal (ESP), 9.025

4) Novak Djokovic (SER), 7.660

5) Andy Roddick (EUA), 5.720

6) Juan Martin del Potro (ARG), 5.325

7) Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 3.920

8) Nikolay Davydenko (RUS), 3.655

9) Gilles Simon (FRA), 3.410

10) Fernando Verdasco (ESP), 3.015

11) Fernando Gonzalez (CHI), 2.825

12) Robin Soderling (SUE), 2.665

13) Gael Monfils (FRA), 2.475

14) David Nalbandian (ARG), 2.375

15) Tommy Robredo (ESP), 2.165

16) Radek Stepanek (RCH), 2.000

17) Marin Cilic (CRO), 1.985

18) Tomas Berdych (RCH), 1.945

19) David Ferrer (ESP), 1.890

20) Stanislas Wawrinka (SUI), 1.845

57) Marcos Daniel (BRA), 890

68) Thomaz Bellucci (BRA), 813

106) Thiago Alves (BRA), 592

179) Ricardo Hocevar (BRA), 347

187) Ricardo Mello (BRA), 334

191) João Souza (BRA), 324

195) Julio Silva (BRA), 311