O suíço Roger Federer confirmou o favoritismo neste sábado e garantiu uma vaga na decisão do Torneio de Estocolmo, na Suécia. Na semifinal, o vice-líder do ranking mundial passou pelo croata Ivan Ljubicic por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/2.

Seu adversário na final será o alemão Florian Mayer, 47.º do ranking. Depois de eliminar o favorito sueco Robin Soderling na sexta-feira, Mayer teve outra atuação consistente e superou o finlandês Jarkko Nieminen de virada, com parciais de 4/6, 6/4 e 7/6 (7/3). Federer venceu os dois confrontos que disputou contra o alemão.

Para obter a boa vitória diante de Ljubicic, o suíço teve sólida atuação no saque. Além de fechar o jogo com dez aces, o dobro do adversário, ele cedeu apenas dois break points e salvou um. Federer ainda conquistou 80% dos pontos jogados com o primeiro serviço.

Depois de ser eliminado na semifinal do US Open e tirar um tempo de descanso, o ex-líder do ranking voltou motivado ao circuito. Na semana passada, foi vice-campeão no Masters 1000 de Xangai e ultrapassou o sérvio Novak Djokovic no ranking mundial, assumindo a vice-liderança. E agora, tem a chance de conquistar o seu terceiro título no ano e o 64.º na carreira.