Deu a lógica e o suíço Roger Federer se classificou pelo terceiro ano consecutivo para as quartas-de-final de Roland Garros ao conseguir 10.ª vitória seguida sobre o russo Mikhail Youzhny por 7/6 (7/3), 6/4 e 6/4. Com isso, o suíço marca mais um feito em sua carreira e atinge 11 jogos consecutivos de Grand Slam sem perder sets.

Federer está invicto em Grand Slam desde a vitória sobre o alemão Bjorn Phau, na primeira rodada do Aberto da Austrália deste ano. Isso iguala a marca de John McEnroe, que também ganhou 11 partidas consecutivas nos torneios mais importantes da ATP sem perder sets em 1984.

Na partida deste domingo (3), o suíço teve um início sonolento e chegou a estar com desvantagem de 1/3. Youzhny tentou ser agressivo o tempo todo, mas quando teve seu primeiro saque quebrado pelo número um do mundo, se perdeu e não foi páreo para seu tradicional carrasco. Os dois sets seguintes foram equilibrados, porém Federer sempre obteve quebras logo no começo e teve espaço para administrar o resultado até o final.

Agora, o suíço terá pela frente o espanhol Tommy Robredo, que eliminou o italiano Filippo Volandri com um tranqüilo 3 sets a 0 parciais de 6/2, 7/5 e 6/1. Esta é a terceira vez que o espanhol atinge as quartas-de-final do Aberto da França, repetindo as campanhas de 2003 e 2005.