O suíço Roger Federer sofreu nesta sexta-feira, mas conseguiu avançar à semifinal do Torneio de Estocolmo. Depois de vacilar no primeiro set, o número dois do mundo obteve boa virada sobre o compatriota Stanislas Wawrinka e venceu por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 6/3 e 6/2.

Federer começou mal o jogo e sofreu duas quebras de saque no primeiro set. Wawrinka continuou melhor no segundo set e faturou mais uma quebra logo no primeiro game. Mas o ex-líder do ranking não se abateu com o revés e se recuperou rapidamente. Ele devolveu duas quebras na sequência e empatou a partida.

Embalado, Federer melhorou seu aproveitamento no saque e praticamente não deu chances ao rival no terceiro set. Faturou outras duas quebras, salvou dois break points e fechou o jogo, após 1h47min. Na semifinal, ele terá pela frente o ex-top 10 Ivan Ljubicic, da Croácia. Ele eliminou o compatriota Ivan Dodig por 4/6, 6/2 e 6/4.

Mais cedo, o local Robin Soderling, número cinco do mundo e segundo favorito ao título, decepcionou a torcida ao ser derrotado pelo alemão Florian Mayer, 47.º do ranking, por 7/6 (10/8) e 6/1. Mayer terá pela frente o finlandês Jarkko Nieminen, que venceu por 6/0 e 6/2 o americano James Blake, algoz do brasileiro Thomaz Bellucci na estreia.