Depois de seis meses no comando do Chelsea, da Inglaterra, o técnico Luiz Felipe Scolari fez um balanço desse período para o canal de televisão do clube. Para o treinador, este é o seu melhor momento na carreira.

“Estou feliz e minha família também. Eu acho que os torcedores do Chelsea estão felizes com o clube, com os jogadores”, disse Felipão. “Como técnico, eu acho que este é o meu melhor momento na vida.”

Criticado pela eliminação na Copa da Liga Inglesa, quando foi eliminado pelo Burnley, da segunda divisão, e pelo pior início de temporada de um treinador no clube desde que o russo Roman Abramovich comprou o clube, em 2003, Felipão minimizou as críticas, mas disse que não aceitou o empate com o Tottenham e a derrota para o Arsenal no Campeonato Inglês. “Nestas duas partidas eu não fiquei feliz com o meu time. Nestes dois jogos é impossível para mim aceitar.”

Apesar dos momentos ruins, Felipão projetou dois títulos com o Chelsea ainda nesta temporada. “Eu quero e eu dou o meu melhor com os jogadores para ganhar não apenas um, mas dois ou três troféus – o clube está disputando três competições: Liga dos Campeões, Campeonato Inglês e Copa da Inglaterra. Se ganharmos dois campeonatos eu acho que seria fantástico.”

O Chelsea ocupa a segunda posição do Campeonato Inglês, com 37 pontos, um a menos que o líder Liverpool. Na Liga dos Campeões, o clube se classificou na segunda posição do Grupo A, atrás da Roma.