Confirmado neste domingo como novo técnico do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari festejou o fato de ter conseguido chegar a um acordo para retornar ao clube onde se tornou ídolo e pelo qual conquistou a Copa Libertadores de 1999, título mais importante da história palmeirense, além de outras taças importantes.

 

 

“É uma alegria enorme retornar para um clube que eu tenho raízes e aonde conquistei não apenas títulos, mas o carinho e o respeito de dirigentes, funcionários e torcedores. Nunca escondi minha admiração pelo Palmeiras e estou emocionado por voltar à essa casa. Sempre deixei muito claro que a prioridade era voltar para o Palmeiras e a torcida pode ter certeza que vamos ser felizes novamente”, disse Felipão, em entrevista ao site oficial do Palmeiras.

O técnico campeão do mundo de 2002 com a seleção brasileira estava dirigindo o Bunyodkor, desde julho de 2009, e rescindiu o seu contrato com clube do Usbequistão recentemente. De volta ao Brasil, Scolari firmou compromisso para comandar o Palmeiras até dezembro de 2012 e iniciará sua nova trajetória no time do Palestra Itália depois da Copa do Mundo. O clube anunciou que Felipão será oficialmente apresentado no dia 15 de julho, quatro dias depois da decisão do Mundial, mas revelou que o auxiliar-técnico Murtosa já chegará na Academia de Futebol no dia 3 de julho.

O Palmeiras ainda anunciou neste domingo que o preparador de goleiros Carlos Pracidelli, que deixou a equipe em 2008 ao aceitar um convite de Felipão enquanto o técnico estava no Chelsea, deve retornar ao clube já neste mês. A diretoria palmeirense ainda revelou que a “contratação de um preparador físico será tomada em conjunto pela diretoria de futebol e o técnico Luiz Felipe Scolari”.

 

O vice-presidente de futebol do Palmeiras, Gilberto Cipullo, festejou neste domingo a contratação de Scolari, após conduzir as negociações com Felipão em Portugal, onde a família do treinador reside. “Nós estamos realizando um sonho antigo e trazendo aquele que consideramos um dos maiores comandantes que o clube já teve. O Luiz Felipe Scolari teve uma passagem marcante pelo Palmeiras e conquistou títulos inéditos. Mais do que isso, criou uma identificação e uma relação de amor com todo o clube. É um prazer tê-lo de volta”, disse o dirigente.