O brasileiro Felipe França se destacou nas eliminatórias do Troféu Maria Lenk, nesta quinta-feira, ao registrar o quarto melhor tempo do ano nos 50 metros nado peito. Ele marcou 27s73 e garantiu vaga na semifinal da prova, que será disputada na manhã desta sexta.

Medalhista de prata no Mundial de Roma, em 2009, Felipe França só ficou atrás do japonês Kosuke Kitajima, 27s30, do australiano Rickard Brenton, 27s40, e do também japonês Ryo Tateishi, 27s62.

César Cielo também entrou na piscina nesta quinta e garantiu com tranquilidade a vaga na semifinal dos 100 metros livre, prova na qual é recordista e campeão mundial. O atleta do Flamengo registrou o tempo de 50s49, o terceiro melhor da sua série.

“Eu segurei. Nadei relaxado. Era eliminatória. A ideia era ficar entre os 16. Nadei sem gastar energia porque tenho mais três 100 livre pela frente”, explicou o nadador, que pretende nadar a distância na casa dos 48s. A semifinal dos 100 metros será disputada na manhã desta sexta. À tarde, o brasileiro vai nadar o revezamento 4×100 m livre. A decisão dos 100 metros será no sábado.

Também avançaram à semifinal dos 100 metros os nadadores Thiago Sickert, com 50s77, e Nicholas Santos, 50s89, ambos do Flamengo. O Pinheiros terá cinco atletas na prova: André Daudt (50s13), Marcelo Chierighini (50s46), Bruno Fratus (51s24), Nicolas Oliveira (51s32) e Fernando Silva (51s39).

Nos 100 metros feminino, Tatiana Lemos Barbosa, com 56s35, e Daynara de Paula, com 56s38, duelarão na semifinal para se tornar a brasileira mais rápida na prova. Joanna Maranhão, que faturou o ouro nos 400 metros livre, garantiu presença na final dos 200m borboleta com o melhor tempo: 2min14s24.

Na prova masculina, Leonardo de Deus registrou a melhor marca, de 1min58s13, seguido de Kaio Márcio Almeida, com 2min02s01.