O brasileiro Felipe França, recordista mundial dos 50 metros peito, não teve problemas para avançar à semifinal da prova no Mundial de Esportes Aquáticos, disputado em Roma. Nesta terça-feira, ele terminou as eliminatórias com 27s12, segundo melhor tempo entre os participantes.

O dono da melhor marca do dia foi o sul-africano Cameron van der Burgh, que nadou em 26s92, a apenas 0s03 do recorde mundial de França. O australiano Brenton Rickard, campeão e recordista dos 100 metros peito, foi terceiro das eliminatórias com 27s15.

Outro brasileiro classificado à semifinal foi João Gomes Júnior, que terminou as eliminatórias em 12º, com 27s30. Os nadadores voltam à piscina ainda nesta terça, para decidir as oito vagas da final. A série decisiva acontece na quarta-feira.

Nos 200 metros borboleta, o Brasil também terá dois representantes nas semifinais. Kaio Márcio Almeida foi o quinto melhor colocado nas eliminatórias, com 1min54s57, e Lucas Salatta passou com o 13º lugar, 1min56s16.

O mais rápido da primeira fase foi o polonês Pawel Korzeniowski, que nadou sua série em 1min54s33. O norte-americano Michael Phelps, recordista e campeão olímpico e mundial da prova, ficou com o segundo tempo, 1min54s35. As semifinais acontecem nesta terça; a final está marcada para quarta-feira.